Contexto histórico

As primeiras locomotivas foram adquiridas em 1972 e recebidas em 1974 (7 unidades da primeira encomenda) e 1975 (5 unidades da segunda encomenda). Derivam directamente das BB 17.000 e BB 15.000, sendo as primeiras a referência técnica e as segundas a referência estética e ergonómica. Os bogies estão adaptados à bitola portuguesa e albergam um motor cada um, com um sistema de birreducção que adapta a marcha às condições pretendidas - GV 160 km/h e PV 100 km/h. Foram as principais responsáveis pela revolução a partir de 1977 entre Lisboa e Porto, com o aparecimento dos primeiros rápidos em três horas, rebocando material Sorefame então recém-construído. Na década de 80, com a encomenda das carruagens Corail à Sorefame, a CP encomendou mais nove locomotivas, da sub-série 2620, entregues pela Sorefame entre 1987 e 1989, em quase tudo idênticas mas equipadas de série com freio electropneumático, equipamento fundamental para circular a 160 km/h. Até 1999 a série ficou quase em exclusivo com os comboios ALFA com as carruagens Corail, sendo depois gradualmente modernizada - as locomotivas da primeira série receberam por essa altura o freio electropneumático. Das 21 locomotivas, só quatro não foram modernizadas (novo posto de condução, ar condicionado e nova cadeira para o maquinista), sendo que dez delas receberam o autómato para comando múltiplo, entre 2006 e 2007, com que prestaram serviço no transporte de mercadorias até 2011. Encostadas pela crise e por opções duvidosas da gestão de então da CP, foram recuperadas a partir do final de 2019 para permitirem a intensificação dos serviços em tracção eléctrica e a concentração das unidades triplas eléctricas 2240 nos serviços de áreas urbanas.

Características Técnicas

 Unidades construídas: 21
 Construtor: Groupement 50 Hz/Alsthom (2601-2612), Groupement 50Hz/Alsthom/Sorefame (2621-2629)
 Ano de construção: 1974-1975 (2601-2612), 1987-1989 (2621-2629)
 Rodados: B'B'
 Tipo de bogie Monomotor com birredução
 Diámetro ruedas nuevas 1.140 mm.
 Bitola 1.668 mm.
 Largura da caixa 3.057 mm.
 Altura da locomotiva sobre o carril 4.300 mm.
 Comprimento entre tampões de choque 17.500 mm.
 Comprimento da caixa 16.200 mm.
 Tensão de Alimentação 25.000 V ca.
 Potência nominal 2.940 kW
 Esforço de Tracção Contínuo 119 kN (GV), 191,5 kN (PV)
 Esforço de Tracção no Arranque 210 kN (GV), 320 kN (PV)
 Velocidade máxima 160 km/h (GV), 100 km/h (PV)
 Número de motores de tracção 2
 Tipo de motor Alsthom TAB 660, Corrente Contínua
 Potência contínua por motor 1.470 kW (CV)
 Peso em ordem de marcha 78 t.
 Peso por eixo 19,5 t.
 Peso por metro linear 4,45 t.
 Freio eléctrico Não
 Freio pneumático Tipo PBL2
 Alimentação do Comboio 1.500 V CC
 Sistemas de Segurança Convel Ebicab 700, Rádio Solo-Comboio, Homem-Morto
 Comando Múltiplo Sim (10 locomotivas)

Esquemas Técnicos

Autor: CP - Comboios de Portugal

 

 • AcimaAtrás • Tabela elaborada em 0.000 s.